Regulamento
Volta Ao Alentejo > Corrida > Regulamento
Regulamento

Regulamento Particular

 

Artigo 1. Organização

A prova 38ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola é organizada pela Podium Events, SA – Av. Eng. Duarte Pacheco, nº19-6ºD, 1070-100 Lisboa, de acordo com os regulamentos da União Ciclista Internacional. Disputa-se de 18 a 22 Março 2020.

 


 

Artigo 2. Tipo de prova

A prova é reservada a atletas das categorias Elites masculinos e Sub23 e está inscrita no calendário UCI Europe Tour.

 

A prova pertence à classe 2.2 e, de acordo com o regulamento UCI, atribui os seguintes pontos:

Classificação final : 40 – 30 – 25 – 20 – 15 – 10 – 5 – 3 – 3 - 3

Etapas: 7 – 3 - 1

Portador da camisola de líder da prova (por etapa): 1

para o Ranking Continental Elites masculinos e Sub23 masculinos UCI e para o UCI World Ranking Elites e Sub23 masculinos.

 


 

Artigo 3. Participação

De acordo com o artigo 2.1.005 do regulamento UCI, a prova é aberta às seguintes equipas: Equipas UCI Pro Team do País, Equipas Continentais UCI, Equipas Nacionais, Equipas Regionais e de Clube.

De acordo com o artigo 2.2.003 do regulamento UCI, o número de corredores por equipa é limitado a um mínimo de 5 e um máximo de 7.

 


 

Artigo 4. Secretariado

O secretariado de partida realiza-se no dia 17 Março das 14.30h às 17.30h, no Hotel D. Fernando em Évora, Portugal.

A confirmação de participantes e a recolha dos dorsais pelos responsáveis das equipas decorre das 15.30h às 16.45h no secretariado.

A reunião dos directores desportivos, organizada de acordo com o artigo 1.2.087 do regulamento UCI, na presença dos membros do Colégio de Comissários, realiza-se às 17h no local do secretariado.

O briefing entre o Organizador e todos os intervenientes que seguirão a corrida em moto, um representante da televisão, um representante das forças de ordem, bem como o Colégio de Comissários, organizado de acordo com o Regulamento UCI, realizar-se-á às 10.00h do dia 18 de Março 2020 no Secretariado de Partida da 1ª etapa em Reguengos de Monsaraz.

 


 

Artigo 5: Contrarrelógio

1) Bicicleta

Para a 5ª etapa (C/R) é autorizada a utilização de uma bicicleta específica.

2) Ordem de partida no contrarrelógio

No contrarrelógio individual (5ª etapa), as partidas serão dadas de minuto em minuto, pela ordem inversa da classificação geral, após a 4ª etapa. Devendo os corredores apresentarem-se 15 minutos antes da sua hora de partida para controlo de bicicleta.

No entanto, o Colégio de Comissários pode modificar essa ordem de forma a evitar que dois corredores da mesma equipa partam seguidos.

 


 

Artigo 6. Rádio-volta

As informações da corrida são transmitidas na frequência 160.2375 Mhz.

 


 

Artigo 7. Assistência técnica neutra

O serviço de assistência técnica neutra é assegurado pela Podium Events, SA.

O serviço é assegurado por 3 carros de apoio neutro.

 


 

Artigo 8. Chegadas (Regra dos 3 últimos km)

Aplicam-se os artigos 2.6.027 e 2.6.028 do Regulamento UCI em todas as etapas, exceto na 5ª etapa (CRI).

 


 

Artigo 9. Percentagem de fecho de controlo

De acordo com as características das etapas, as percentagens de fecho de controlo são fixadas da seguinte forma:

1ª Etapa 15%

2ª Etapa 15%

3ª Etapa 15%

4ª Etapa 15%

5ª Etapa 35%

6ª Etapa 15%

De acordo com o artigo 2.6.032 do regulamento da UCI, apenas em casos excecionais, imprevisíveis e de força maior, o Colégio de Comissários pode aumentar as percentagens de fecho de controlo depois de consultar o Organizador.
No caso de corredores que efetivamente chegaram fora de controlo serem repescados pelo colégio de comissários, serão retirados o conjunto dos pontos obtidos na classificação geral das várias classificações secundárias.

 


 

Artigo 10. Classificações – Bonificações

São estabelecidas as seguintes classificações:

1) Classificação Geral Individual por Tempos – Camisola amarela Crédito Agrícola

2) Classificação Geral por Pontos – Camisola preta Thule

3) Classificação Geral da Montanha – Camisola castanha Delta

4) Classificação Geral da Juventude – Camisola branca Lusíadas Saúde

5) Classificação por Equipas

 

1) Classificação Geral Individual por Tempos

A classificação da etapa é sempre estabelecida de acordo com a ordem de passagem pela linha de meta.

A classificação geral individual por tempos obtém-se através da soma dos tempos conseguidos em todas as etapas por cada corredor, tendo em conta as bonificações (caso existam) e penalizações, sendo melhor classificado o que menor tempo totalizar.

Em caso de empate entre dois corredores ou mais, os milésimos de segundo registados na etapa contrarrelógio individual são reincorporados no tempo total para desempatar os corredores, sendo melhor classificado o que menos centésimos de segundo tenha totalizado.

Em caso de novo empate, o desempate é feito tendo em conta a soma dos pontos obtidos em cada etapa, sendo melhor classificado o que tenha totalizado menor número de pontos. Estes pontos são atribuídos de acordo com os lugares conseguidos: um ponto ao primeiro, dois pontos ao segundo, três pontos ao terceiro, e assim sucessivamente.

Se o empate ainda persistir, beneficiará o corredor melhor classificado na última etapa.

O líder da classificação é portador da camisola amarela Crédito Agrícola.

 

2) Classificação Geral por Pontos

A Classificação geral por Pontos é estabelecida pela soma dos pontos obtidos em cada uma das etapas e nas Metas Volantes.

É atribuída a seguinte pontuação em cada uma das 3 Metas Volantes:

3 – 2 e 1 pontos aos 3 primeiros classificados.

Nas etapas:

25 – 20 – 16 – 13 – 10 – 8 – 6 – 4 – 2 e 1 pontos aos 10 primeiros classificados.

Se numa chegada se verificar que vários corredores são classificados ex-aequo, é atribuída a cada um a pontuação correspondente ao primeiro lugar em que se inicia o ex-aequo.

O líder desta classificação é portador da Camisola Preta Thule.

De acordo com o artigo 2.6.017 do Regulamento UCI, em caso de empate na classificação geral por pontos, utilizam-se os seguintes critérios de desempate:

  1. Numero de vitorias nas etapas,
  2. Numero de vitorias nos sprints intermédios que contam para a classificação geral por pontos,
  3. Classificação geral individual por tempos.

Para beneficiar dos prémios da classificação geral final, o corredor deverá ter percorrido a totalidade do percurso da prova dentro do tempo regulamentar.

 

 3) Classificação Geral da Montanha

A Classificação da Montanha disputa-se num conjunto de 5contagens do prémio de montanha pontuáveis para esta classificação.

É atribuída a seguinte pontuação em cada uma das categorias:

Lugar

Pontos

PM 2ª

PM 3ª

PM 4ª

10

5

3

8

4

2

6

3

1

4

2

 

2

1

 

1

 

 

 

Lugar Pontos
PM 2ª PM 4ª
10 3
8 2
6 1
4  
2  
1  

O líder desta classificação é portador da Camisola Castanha Delta.

De acordo com o artigo 2.6.017 do Regulamento UCI, em caso de empate na classificação geral da montanha, utilizam-se os seguintes critérios de desempate:

  1. Número de primeiros lugares nas contagens da categoria mais elevada,
  2. Número de primeiros lugares nas contagens da categoria seguinte e assim sucessivamente,
  3. Classificação geral individual por tempos.

Para beneficiar dos prémios da classificação geral final, o corredor deverá ter percorrido a totalidade do percurso da prova dentro do tempo regulamentar.

 

4) Classificação Geral da Juventude

A Classificação geral da Juventude é reservada aos corredores da categoria Sub23, de acordo com a Classificação Geral Individual por Tempos.

O líder da classificação é portador da Camisola Branca Lusíadas Saúde.

 

5) Classificação por Equipas

De acordo com o artigo 2.6.016 do Regulamento UCI, a Classificação por Equipas na Etapa obtém-se pela soma dos três melhores tempos individuais de cada equipa. Em caso de empate, as equipas são desempatadas pela soma dos lugares obtidos pelos seus três melhores tempos da etapa. Em caso de novo empate, as equipas são desempatadas pelo lugar do seu melhor corredor na classificação da etapa.

A Classificação Geral por Equipas obtém-se pela soma dos três melhores tempos individuais de cada equipa em todas as etapas disputadas. Em caso de empate, utilizam-se os seguintes critérios de desempate:

  1. Número de primeiros lugares na classificação por equipas nas etapas,
  2. Número de segundos lugares na classificação por equipas nas etapas,
  3. etc.

Se persistir o empate, as equipas são desempatadas pelo lugar do seu melhor corredor na classificação geral individual.

Uma equipa que fique reduzida a menos de três corredores é eliminada da classificação geral por equipas.

 


 

Artigo 11. Bonificações

Não se aplica bonificações por tempos.

 


 

Artigo 12. Prémios

São atribuídos os seguintes prémios:

1°) CLASSIFICAÇÃO DAS ETAPAS E CLASSIFICAÇÃO GERAL INDIVIDUAL POR TEMPOS

 

Classificação da Etapa   Classificação Meia-Etapa   Classificação Geral Individual
€ 844   € 630   € 2318
€ 420   € 318   € 1158
€ 210   € 157   € 578
€ 105   € 81   € 290
€ 84   € 63   € 231
€ 63   € 49   € 175
€ 63   € 49   € 175
€ 42   € 35   € 119
€ 42   € 35   € 119
10º>20º € 21   10º>20º € 14   10º>20º € 56

 

2°) CLASSIFICAÇÃO POR PONTOS

Classificação Geral por Pontos

€ 600

 

3°) CLASSIFICAÇÃO DA MONTANHA

Classificação Geral da Montanha

€ 600

 

4°) CLASSIFICAÇÃO GERAL DA JUVENTUDE

Classificação Geral da Juventude

€ 400

 

5°) CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS

Classificação da etapa

Troféu

Classificação Geral por Equipas

Troféu

O total geral dos prémios distribuídos na prova é de € 26.765.

 


 

Artigo 13. Anti-dopagem

O regulamento anti-dopagem da UCI aplica-se integralmente nesta prova.

O controlo anti-doping realiza-se nos seguintes locais:

Em todas as etapas: caravana junto da linha de chegada

 


 

Artigo 14. Cerimónia protocolar

Com base nas classificações estabelecidas pelo Organizador, os corredores têm a obrigação de se apresentar na cerimónia protocolar oficial de entrega dos prémios, camisolas e símbolos distintivos, que será organizada com a seguinte ordem:

No final de cada etapa:

  • O vencedor da etapa;
  • O líder da Classificação Geral Individual por Tempos;
  • Os líderes das classificações secundárias;
  • A Melhor Equipa na Classificação Geral por Equipas( representada pelo Diretor Desportivo e alguns corredores);
  • O Melhor Português da Classificação Geral Individual por Tempos

Além disso, no final da prova, devem ainda apresentar-se na cerimónia protocolar:

Os 2º e 3º classificados da Classificação Geral Individual por tempos,

 

Camisolas de líder

O líder de cada classificação deverá envergar a camisola símbolo respectiva. Se um corredor for líder de várias classificações, a ordem de prioridade das camisolas é a seguinte:

1) Classificação Geral Individual por Tempos – Camisola Amarela Crédito Agrícola

2) Classificação Geral por Pontos – Camisola Preta Thule

3) Classificação Geral da Montanha – Camisola Castanha Delta

4) Classificação Geral da Juventude – Camisola Branca Lusíadas Saúde

Se um corredor for líder de várias classificações, enverga apenas uma camisola de acordo com a ordem de prioridade acima indicada, neste caso, a outra camisola é envergada pelo corredor seguinte dessa classificação, excepto se este for líder de outra classificação ou se tiver que envergar a camisola de Campeão do Mundo ou de Campeão Nacional ou a camisola de líder de uma Taça, de um Circuito, de uma Série ou de um Ranking UCI.

 

Protocolo à partida das etapas em linha:

Os portadores das camisolas de líder deverão alinhar na frente.

 


 

Artigo 15. Apresentação das Equipas, Assinatura da Folha e Partida (em todas as etapas)

De acordo com o artigo 2.3.009 do Regulamento da UCI, a assinatura da folha de partida inicia-se uma hora e dez minutos antes da hora da partida do local de concentração e termina dez minutos antes da mesma.

As equipas deverão apresentar-se completas para a assinatura da folha de ponto.

A presença dos corredores é obrigatória, sob pena das sanções previstas no artigo 2.12.007-1.1 e 1.2. Os corredores têm que se apresentar com o equipamento de corrida completo.

 


Artigo 16. Penalidades

Aplicação exclusiva da Tabela de Penalidades do regulamento da UCI.

 


 

Artigo 17. Autorização de Publicidade das Equipas

É proibido às Marcas Comerciais Patrocinadoras das Equipas e dos corredores participantes ter qualquer tipo de publicidade sem autorização prévia por escrito do Organizador da Prova. Em caso de incumprimento deste artigo, a Equipa prejudicada pela sua Patrocinadora, poderá ser penalizada, por direitos de publicidade indevida, com a possível expulsão da equipa da Prova.

 


 

Artigo 18. Seguros

De acordo com as disposições previstas nos artigos 1.1.006 e 1.1.022 do Regulamento da UCI, todos os corredores e pessoal técnico das Equipas devem estar assegurados contra todos os acidentes que possam ocorrer durante a prova e suas consequências em matéria de Responsabilidade Civil.

O Organizador não tem qualquer responsabilidade pelos danos causados a terceiros e/ou materiais antes, durante e depois das etapas, sempre e quando cumpra com as regras de segurança estabelecidas no Regulamento Desportivo da UCI (1.2.061, 2.2.015). Atendendo ao art. 1.2.034 o Organizador é obrigado a fazer um seguro para a cobertura de riscos relacionados com a organização da prova.

 


 

Artigo 19. Ecologia

A organização da 37ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola,na salvaguarda dos bons princípios de proteção ambiental, e de promoção do ciclismo ecológico apela aos diversos intervenientes, no evento, no sentido de reforçar a adoção de medidas que permitam a manutenção da limpeza dos locais de partida, chegada e percursos da prova.

Os corredores deverão utilizar as Zonas Verdes para descarte do lixo.